domingo, 2 de janeiro de 2011

Sim, chegámos.

E pronto, estamos oficialmente em 2011, a menos de dois anos do final do mundo tal como o conhecemos, segundo os Maias.
Sim, é cliché dizer isto mas a verdade é que passou mesmo muito rápido. Há uns anos atrás por esta altura estava toda contente em casa a brincar com os brinquedos novos que recebi de presente de Natal, e agora estou ainda com os efeitos da passagem de ano a ter de estudar para exames. A fingir que estudo, vá. 
Não vou dizer que desejo para este ano amor, paz mundial, o fim da fome e felicidade para toda a gente que gosto. É óbvio que toda a gente queria que isso acontecesse, mas a verdade é que para utopias já basta a minha ideia de conseguir ter mais de 11 a Química Alimentar II.
Por isso, vou ser extramemente egoísta e egocêntrica e os meus desejos para 2011 são nada mais nada menos do que.... (tambores a tocar)

1. Chegar a Setembro, com todas as cadeiras feitas, o estágio final acabado e com o diploma de licenciada nas mãos. Só mesmo porque não me apetece pagar mais um ano de propinas só por causa de uma cadeira ou duas. 

 2. Arranjar emprego / estágio profissional no exacto momento em que acabar o curso. Vá, uma semaninha ou duas depois também serve. Mas não pode ser tempo demais que em novembro queria começar a comprar as prendas de Natal.

3. Esse emprego / estágio profissional ter um super ordenado. No caso disso não ser possível, pelo menos ser um decente. E ser na área que eu quero mesmo. Gosto das outras saídas do meu curso, mas esta era mesmo mesmo mesmo ideal. Pode ser ?

4. Passar no exame de condução á primeira. E que não exista trânsito em Lisboa nesse dia para eu não meter os pés pelas mãos, mais do que o costume pelo menos, e não matar ninguém. Ia ficar com remorsos.

5. Ganhar o euromilhões.

6. Ganhar o euromilhões.

7. Ganhar o euromilhões. (Sempre me disseram que se pedir as coisas muitas vezes, elas acabam por acontecer. Até agora não resultou, mas nunca se sabe.)

8. Vá. Que eu e aos meus amigos / familiares sejamos extremamente e ridiculamente felizes. Daquela felicidade que só vontade de mandar um estalo na cara e falar mal nas costas. Porque lá no fundo até gosto deles. 
Vá, que toda a gente seja muito feliz! Hoje sinto-me generosa.

PS- Essa felicidade das pessoas á minha volta, podia ser proporcionada por mim caso ganhe o euromilhões. Podia fazer muito boa gente feliz, incluindo eu que também sou boa pessoa. É uma win-win situation. Acho que quem quer que mande nisto tudo, devia ter isso seriamente em consideração. A felicidade é uma coisa importante, certo?

8 comentários:

  1. são o melhor que temos (:
    beijinhos, e bom ano :b

    ResponderEliminar
  2. Sim, cá estamos em 2011! Até agora nada de especial...no entanto ainda há muito tempo para que todos os teus desejos se tornem realidade! Se o euromilhões sair...não te esqueças da malta bloguistica!

    ResponderEliminar
  3. Ahahah! Que croma! :p
    "É óbvio que toda a gente queria que isso acontecesse, mas a verdade é que para utopias já basta a minha ideia de conseguir ter mais de 11 a Química Alimentar II."- Gostei tanto desta parte, fez-me rir. xD Haverás de conseguir, vais ver! Espero que realizes esses sonhos todos, mesmo que sendo egoístas, tal como dizes.
    Desejo-te um bom estudo para os exames. Beijinhos (:

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada,
    que se concretize tudo o que mais desejares :)
    beijinhoos*

    ResponderEliminar
  5. Estou a torcer que ganhes o euromilhões, talvez eu seja mais feliz também (poderias, sei lá, investir num Starbucks ou um Hard Rock Café aqui no Porto hehe)

    Gostei muito! Quero mesmo voltar, é lindíssima. E se ainda não foste à Isla, quando puderes aconselho-te a ir, é espectacular! Tem um feliz ano 2011!

    ResponderEliminar
  6. Sim senhor, o dinheiro TRAZ felicidade.

    ResponderEliminar
  7. espero que os concretizes,porque toda a gente merece alegria nas suas vidas (;

    ResponderEliminar