quinta-feira, 17 de março de 2011

E parabéns para mim também, porque se este dia não tivesse existido não estava cá hoje para vos chatear. Triste, não é?

Sempre fomos muito parecidos. Temos os dois um grande mau feitio, somos muito teimosos, gostamos demais de ter razão. Pensamos de forma diferente em muitas coisas, mas reagimos de forma igual em quase todas. Talvez por isso tenhamos discutido tanto ao longo da minha (muito complicada) adolescência. Felizmente que ela finalmente passou e consigo ver que em grande parte das coisas tiveste razão. E foi o facto de nunca teres cedido á minha vontade e de não teres desistido de me mostrar as coisas de outra maneira, mesmo quando eu não queria ver, que me tornou no que sou hoje. És uma das pessoas que eu não sei o que seria de mim hoje sem ti. Na minha fase rebelde, a “idade da sanita” costumava pensar muitas vezes que te odiava e que o melhor era desapareceres para eu poder fazer as coisas como bem me apetecia, mas felizmente que hoje sei que se isso realmente tivesse acontecido eu era uma pessoa perdida. Deixaste-me crescer, aprender com os meus erros e formar a minha personalidade ao mesmo tempo estavas lá em cada queda que eu dava e me ajudaste a levantar e a sarar as feridas em todas. Mesmo quando eu dizia que não queria, mas era só demasiado orgulhosa para pedir. Se há coisa que me conforta é saber que muito do bom que tenho, muitos dos valores por onde sigo a minha vida vieram de ti. Construíste a tua vida do nada e mesmo assim conseguiste que eu e a J. tivéssemos todas as oportunidades e que tivéssemos sempre muito mais do que aquilo que precisámos.
Sei que muitas vezes não fui justa contigo, mas também sei que se um dia for mãe só espero conseguir ser metade do que foste e continuas a ser para mim. Sei que se hoje luto pelo que quero foi porque tu me passaste isso. Sei que se hoje tenho tudo o que tenho, foi porque te mataste a trabalhar durante anos e continuas a matar para que isso possa acontecer.
Hoje fazes 48 e eu só espero chegar a essa idade a ser metade do que és e conseguir um terço daquilo que tu conseguiste por nunca teres desistido dos teus objectivos. Não sabes a satisfação que me dá ter um modelo a seguir e alguém de quem me possa orgulhar tanto.
Parabéns Pai. (Com um P muito, muito grande.)

22 comentários:

  1. adorei o texto, será que posso fazer plágio de algumas passagens para uma ideia de presente? hehe

    ResponderEliminar
  2. Nem sei que dizer. São estes pequenos gestos que fazem um pai sentir que a vida não foi em vão.
    És linda!

    ResponderEliminar
  3. Sendo assim parabéns para ele! ;)

    Beijoo****

    ResponderEliminar
  4. sorte. eu não tive tempo de lhe dizer nada. partiu antes sequer de eu ter percebido alguma coisa...

    ResponderEliminar
  5. A família só quer o nosso bem, é nisso que temos de nos focar quando as coisas estão mais azedas. :) Lindo.

    ResponderEliminar
  6. parabéns a ele! e a mim também vá! ;)

    ResponderEliminar
  7. yaa, é uma grande diferença!
    parabéns para o teu pai Catarina!

    ResponderEliminar
  8. Perfeito esse texto! Parabéns para seu querido Pai!
    Bjs
    garimpus.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Que texto cheio de orgulho do pai :P
    ADORO

    ResponderEliminar
  10. uau que ternurinha.ele certamente tambem estará muito orgulhoso da sua filha babada ehehe
    parabens pó papá ;)
    jinhoo

    ResponderEliminar
  11. Que lindo, o teu pai deve ter muito orgulho em ti.

    ResponderEliminar
  12. Que texto mais lindo. O teu pai deve ter adorado. São atitudes como essas que devemos fazer mais vezes na vida, dizer às pessoas que amamos, justamente isso.

    Beijinhos e parabéns ao teu pai (que por pouco nascia no dia do pai)

    ResponderEliminar
  13. Está lindo. Eu compreendo até.. eu e o meu pai chocávamos muito mas agora recorre sempre a ele por ser um homem muito sábio.

    ResponderEliminar
  14. Uns Parabéns atrasados (:
    Adorei esse textinho, ele deve ter ficado orgulhoso da filha que tem.
    Peço desculpas por ter me afastado do teu blog, voltarei a ser uma leitora assídua como sempre.
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  15. bem depois de lhe desejares a morte... bem sao coisas de adolescentes . parabens ao teu pai e a ti por te ter como filha.
    kis :=)

    ResponderEliminar
  16. Fofa.. Parabéns atrasados ao teu pai :p

    xoxo F.

    ResponderEliminar