domingo, 12 de junho de 2011

Ás vezes...

Não era simplesmente perfeito voltarmos uns anos atrás no tempo?
Voltar a ser criança, a devorar Bd's da Disney, da Turma da Mónica, do Calvin, a aparecer em casa esmurrada e cheia de negras já sem me lembrar como é que tinha feito aquilo, a brincar com os outros putos na rua até á 1h da manhã durante o verão inteiro e não haver stresses nem preocupações por causa disso. A vestir roupa dos nenucos aos gatos e a tentar dar-lhes biberon. A usar terra e ervas e flores do quintal da avó (que depois tinha dois ataques seguidos) para brincar com as louças de cozinha de plástico. A demorar horas a construir uma casa da barbie do tamanho do chão do meu quarto. A roubar os vestidos da mãe e da irmã e fingir que era uma princesa, ou fingir que era uma modelo e desfilar pelo corredor. A ouvir cassetes (quem diria que a Catarina ainda é desse tempo, han?) do Zig Zag e dos Onda Choque aos berros no quarto e a cantar e dançar todas as músicas de cor. A acordar ás 7h da manhã para ver desenhos animados. A correr, saltar, andar de bicicleta, nadar, gritar, cantar, dançar sem preocupações como fazia nessa altura. A voltar a ir com os avós para as terras e eles ensinarem como é que se tratava dos legumes. A correr para os papás no fim do dia. A devorar cassetes de vídeo da Disney, algumas ainda em brasileiro. A ler colecções inteiras de Uma Aventura, Os cinco, Clube das Chaves, Bando dos Quatro and on, and on. A ver a minha irmã ver Riscos e New Wave e achar que aquilo eram aqueles programas de seca dos grandes. A dizer que nunca na vida queria namorar e que os rapazes eram todos feios.
A fazer dez mil coisas por dia, a ser completamente feliz sem sequer me aperceber disso.
A desconhecer a existência de problemas, de chatices, de pressões. A desconhecer a parte má vida. A desconhecer ainda o duro que é perder pessoas de quem gostamos. 

Ás vezes... não era perfeito voltarmos a ser crianças? 
Ás vezes, não era perfeito voltarmos a  ver o mundo em pequenino só durante uns minutos? 

7 comentários:

  1. Era sim, mas a vida é mesmo assim :)

    ResponderEliminar
  2. A vida é assim, começa como um conto de fadas, mas depressa descobrimos que temos que crescer =/

    ResponderEliminar
  3. era tão bom! principalmente nestas alturas terríveis de exames!

    ResponderEliminar
  4. Seria tão bom voltar a viver a minha alegre e inocente infância... nem que fosse só por um dia :D

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olha que belo post! Por momentos viajei um pouco à minha infância! Na altura não haviam telemoveis para controlar as crianças... não haviam playstations...nem X-box...nem Wii´s... havia a rua e era aí que eu andava...a beber água da primeira torneira que aparecesse...mesmo que estivesse toda ferrugenta. Bem verdade! Parabéns pelo post saudosista!

    ResponderEliminar
  6. Era bom, era! Mas a partir daqui é só complicações. Soubesse assim, talvez não tivesse tanta pressa em crescer...

    ResponderEliminar