segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

E é em dias como este...

No meio do campo de guerra blogosférico (coisa em que eu milagrosamente reparei, dado o meu alheamento em 98% dos dias), que eu dei graças por não ser uma "Elite Blogger" (será que se pode chamar isso?) e poder escrever sobre o que quero que ninguém se vai dar ao trabalho de criticar as minhas "estupidezes".
Estou mesmo bem assim na simplicidade do meu canto. 
É que a sério que fico com pena de ver bloggers a serem atacadas por pessoas que realmente perdem tempo de vida a fazerem essas coisas e a descerem a níveis tão baixos. E se são tão más, tão mesquinhas dentro de um mundo virtual, tenho medo de pensar de como poderão ser na realidade.
E acho ainda mais triste, que nem sequer neste mundo onde somos pessoas anónimas, podemos escrever e desabafar sobre o que queremos, porque irá sempre existir alguém que vai criticar e deitar abaixo. Se nem aqui estamos livres disso, qual o propósito de ter um blogue?  
Por favor, parem com essas guerras. Vão ser felizes... e é tão mais fácil ser feliz do que ser má pessoa :) 

5 comentários:

  1. Concordo contigo. Pessoas assim são completamente doentes e más. Atacar alguém é de muito baixo nível, ainda para mais quando não se conhece a pessoa em questão.

    ResponderEliminar
  2. Concordo... Por isso mudei de blog!

    ResponderEliminar
  3. O quanto não vale não ser conhecida...

    ResponderEliminar
  4. podes crer ... é messsmo triste :S
    **

    ResponderEliminar
  5. É bom poder escrever de forma relaxada.

    ResponderEliminar