segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Pronto, como eu sou um pequeno doce de morango, aqui vão as cookies!

Como as minhas cookies com pepitas de chocolate de recheio de nutella fizeram sucesso e algumas pessoas me pediram a receita,  aqui vai ela. (Não tenho fotos porque não estava a contar pôr isto no blogue, peço desculpa!) 

Receita de Cookies Americanas

Ingredientes

- Cerca de 230 gr de manteiga, de preferência sem sal e vegetal, tipo vaqueiro. (A manteiga animal tem um ponto de fusão muito mais baixo pelo que com o calor do forno vai perder algumas das características que nos interessam e quando for retirada não vai voltar a solidificar, isso vai fazer com que as bolachas não fiquem com a textura que pretendemos) A sério, como é que eu demorei três anos a fazer Química Alimentar II? E sim, a vaqueiro apesar do nome é uma manteiga vegetal :P 

- 150 gr de Açúcar (granulado, normalzinho)

- 160 gr Açúcar Mascavado (o açúcar mascavado é muito menos refinado, se substituirmos uma parte da quantidade de açúcar estamos a diminuir bastante a quantidade de polissacáridos no final da receita, o que só faz bem porque polissacáridos pertencem ao grupo dos Hidratos de Carbono)

- 2 ovos (grandinhos, ou 3 mais pequeninos) 

- 2 colheres de chá de aroma de baunilha (ou quanto acharem necessário, isto é ao gosto de cada um!)

- 300 gr farinha misturada com 1 colher de chá de fermento

- Um pitada de sal (cerca de uma colher de café, o sal vai intensificar o sabor do resto dos ingredientes) 

- Entre 200 e 250 gramas de pepitas de chocolate (aqui é como preferirem, como muitas ou poucas pepitas... de chocolate preto, de leite ou branco. Eu usei preto, porque além de ser o meu favorito como vai levar o recheio acaba por distinguir o sabor do chocolate) 

Confecção

- Liguem o forno ali pelos 180/190º, não convém ser alto demais. 

- Na coisinha da batedeira eléctrica batam a manteiga durante uns segundos (convém estar à temperatura ambiente senão vai-se agarrar aos coisinhos). Adicionem os açúcares e batam até ficarem com textura de "massa-de-bolo-da-avó", assim claro e cremoso.  Adicionem um ovo de cada vez, batendo no entretanto e depois ponham a baunilha e batam mais um bocadinho porque nunca é demais bater. (Estou a brincar...!) 

- À parte misturem os secos: farinha, fermento e sal. Adicionem-nos ao preparado de antes e mais uma vez comecem a sessão de batimento até ficar tudo bem misturado. Mais ou menos a meio, ninguém está a contar os segundos, comecem a adicionar as pepitas (caso não encontrem chocolate já em pepitas, nem todo o lado tem, embora o Continente costume ter, partam uma tablete ( é assim? nunca sei como se escreve) normal em bocadinhos pequenos que o efeito é o mesmo.) que é para elas ficarem bem misturadas na massa.

- Num tabuleiro untado, ou com papel vegetal ponham com a ajuda de uma colher de sopa montinhos redondos de massa (aqui depende do tamanho com que vão querer as bolachas, não se esqueçam que cresce sempre um bocado, deixem espaço entre elas). Cerca de 15 minutos depois, dependendo do forno, estão prontas. Quando abrirem o forno e elas parecerem que estão com uma textura "pastilha-elástica-ainda-por-mastigar" ou seja, ainda dá para carregar com o dedo embora já não muito, estão boas e podem tirar. Elas vão ganhar a textura crocante ao arrefecerem que é quando a manteiga solidifica. (Daí a importância da manteiga!)
(E para o caso de quererem congelar a massa porque é demais, sim, dá. E esta quantidade também dá para fazer uma data de bolachas!) 

No final, quando elas já tiverem arrefecido um bocado, pegam em Nutella barram uma bolacha e cobrem com outra, assim tipo sandes de cookies. E pronto, está feito!
Agora toca a enfadar, minhas pequenas tortas de chocolate!

2 comentários: