segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Tesouros descobertos nos transportes públicos. #3

Hoje no comboio estava uma miúda aí entre os 15 e os 17 anos a conversar com uns amigos sobre uma discussão que tinha tido com uma colega a meio de uma aula, que aparentemente acabou com ela a mandar umas estaladas à outra miúda e irem as duas para a rua e conselho directivo e mais não sei  o quê. O que me espantou nem foi a miúda ter batido a outra (Quer dizer, também. Desde quando é que umas bocas entre adolescentes parvas leva logo a violência?). O que me espantou foi ela achar que fez muito bem e segundo a história que estava a contar, discutiu com professor por as ter mandado para a rua e para a conselho directivo, discutiu com a mãe em casa porque aparentemente "ficar sem telemóvel e computador não a ia fazer parar de mandar estaladas a ninguém", discutiu com os directores porque foi a outra que a provocou, basicamente, discutiu com toda a gente porque ela é que foi a vitima e apenas se defendeu.
E eu ao ouvir a história, além da vontade de mandar eu própria dois pares de estalos à rapariga e dizer para deixar de ser parva só conseguia pensar: Que merda de geração é que nós estamos a criar? 

7 comentários:

  1. Miúdas..é só isto que digo. pfff.
    dá-me logo nervos estas garotas armadas em qualquer coisa.
    enfim..

    Beijooo

    ResponderEliminar
  2. Criamos uma geração assim por causa de pais que acham que a educação dá-se fazendo as vontades todas dos filhos. Pessoas mimadas, é o que as crianças de hoje se estão a tornar. Cá eu sempre achei que uma palmada bem dada no momento certo só faz é bem!!

    ResponderEliminar
  3. Estou com medo! Muito medo! Eu gosto de dar-me bem com todos, sem problemas e complicações, eu gosto de pessoas, de falar... Mas por vezes passo por ser anti-social, há imensa gente da minha geração que não um palmo de maturidade e juízo! Nós podemos ter maturidade, viver a vida ao máximo e ser felizes! Mas não há muitos com a mesma visão do que eu...

    ResponderEliminar
  4. É culpa daqueles paisinhos que têm a teoria de que não se pode ralhar com os meninos, ou porque são muito pequeninos ou porque não vão perceber. GOD!!! Depois quando crescem e se mostram uns monstros, aí já pouco se pode/consegue fazer!!

    ResponderEliminar