terça-feira, 7 de agosto de 2012

Agosto é mês de família avec: O regresso!

Sim, estamos em Agosto e juntamente com os milhares de emigrantes que entram todos os dias neste país, também entra a minha pequena percentagem pessoal de emigrantes, que durante este mês animam os meus dias com a quantidade extraordinária de idiotices que lhes sai daquelas bocas e vergonhas públicas que me fazem passar. (A sorte é que eu até gosto deles...) 
Desta vez começou bem. O meu tio N. (O mais novo dos cinco filhos e o irmão do meu pai com o índice mais elevado de loucura, um solteiro inveterado de 40 anos e que gosta mesmo é de festa.) estava a contar-nos as histórias dos piercings e das tatuagens que tem, e não são poucos. Diz-nos então que tem dois num sitio que não pode ser visto e que as "amigas", na altura certa os "adoram". Aqui está um excelente exemplo de coisas que eu realmente não queria saber.
Então começou a dizer-nos, para nos explicar como é que tinha ficado sem telemóvel, que uma amiga daquelas que também "adorou" os piercings passou lá a noite em casa e no dia a seguir, nem amiga, nem Iphone 4s. Ficou danado, claro que ficou.
Caso para dizer: "Bitch stole my Iphone!"  

(Claro que com coisas destas eu nunca poderia ter sido uma pessoa normal!) 

1 comentário:

  1. ahah, caso para dizeres ao teu tio «demasiados pormenores» ahah

    ResponderEliminar