segunda-feira, 4 de março de 2013

Constatações de quem tem muito tempo livre.

Quando alguém numa conversa explica que medicamentos está a tomar e porquê, toda a gente em volta, TODA, tem uma opinião sobre o assunto, acha que a sua opinião é a mais válida de todas, toda a gente já teve alguma experiência com o dito medicamento, toda a gente acha que sabe mais que os médicos que os receitam e da alguma forma quando o assunto é comprimidos os médicos "não percebem nada do assunto".

Eu nem sei porque é que existem hospitais e farmácias. Inventavam umas máquinas de venda automática tipo aquelas que vendem tampões nas casas de banho públicas e estava o assunto resolvido. Poupava-se uma fortuna ao SNS.

Eu falo, falo, mas nunca ninguém me ouve! Ninguém quer saber das minhas potencialidades! 

4 comentários:

  1. Ahah é verdade, toda a gente tem palpites sobre tudo especialmente medicamentos :D

    ResponderEliminar
  2. É isso e as pessoas medicarem os vizinhos a torto e a direito como quem :" Ai doi-te as costa ? Espera ai que eu tenho ali um comprimido que o meu marido tomava quando se aleijou a pegar em não sei o que e olha resulta que é uma maravilha "

    ResponderEliminar
  3. era isso ou deixarem de exigir receitas médicas, viva a anarquia na saúde!

    ResponderEliminar
  4. Eu sou a pessoa que geralmente não manda bitaites porque contam-se pelos dedos das mãos os comprimidos/medicamentos que tomei na vida. Aliás, o único nome que me vem à cabeça é Brufen, portanto não sou mesmo entendida (nem faço questão) na matéria. :P

    ResponderEliminar