sexta-feira, 8 de março de 2013

É possível começar de novo?

Eles tinham uma relação de algum tempo, séria. Trabalhavam na mesma área, pouca diferença de idade e uma cumplicidade enorme.
Um dia ela traiu-o. Foi uma vez sem exemplo, um deslize, algo que não era ter suposto acontecido. Ela decide que o melhor é esquecer o assunto e nunca mais pensar nisso, não olhar para trás. O tempo ia encarregar-se de fazer desaparecer tudo. 

Ele acaba por descobrir. Da pior maneira. Porque alguém viu e comentou. Alguém assumiu que ela nunca o trairia e comentou com uns amigos em comum que não sabiam que eles tinham acabado e ela que já tinha seguido em frente.
Os amigos ficaram de boca aberta. "Acabaram? O quê? Não! Eles continuam juntos. Estão juntos à tanto tempo, aquilo já deve ser definitivo! Não estás a fazer confusão?"
Ele calou-se, ficou branco e percebeu o erro. Se eles não tinham acabado, então aquilo que ele tinha visto não era para ele saber. Mas foi tarde demais.
Os amigos perceberam o que ele queria dizer e insistiram para ele lhes contar. Ele contou, afinal o estrago já estava feito.
 Os amigos foram contar ao rapaz. O rapaz ficou perdido e durante dias não falou com ninguém, nem sequer com ela. Ele não sabia o que fazer.

Ela pediu desculpa infinitas vezes. Disse que tinha sido uma vez e que estava arrependia.Que nunca mais ia acontecer. Que se ele a perdoasse ela ia fazer tudo ao alcance dela para ele confiar nela de novo. 
Ele aceita. Ele perdoa-a. 
Os amigos dizem que ele é um idiota... mas ele diz que ela é a mulher da vida dele. Que não sabe o que é que viver sem ela e que ainda não quer descobrir. Eles tentam de novo. E o tempo passa.

O problema é que ele perdoou. Mas não esqueceu. 
E cada vez mais o assunto lhe vem à cabeça, de cada vez que olha para ela imagina-a com um homem sem cara... ele nunca soube quem foi o outro. Cada vez que olha para ela começa a pensar se ela vai fazer isso de novo. Começa a pensar quando é que vai ter o coração partido de novo e quando é que se vai ter de preparar para isso. Ele percebe que não consegue confiar nela e pede um tempo para pensar. Sozinho. Para decidir o que quer fazer.

Ela não reage bem e insiste em manter contacto durante 24 horas com ele. Começa a ter ataques maníacos de ciumes de cada vez que ele não lhe quer responder ás mensagens e ás chamadas. Ele cansa-se e para de lhe responder de todo.
Quanto ela mais insiste, mais ele se quer afastar. Quer uma relação séria, calma. Não quer este drama todo.
Mas ainda gosta dela e não sabe o que fazer. Não sabe se a deve perdoar de vez e esquecer ou tentar partir para outra. Mesmo que nunca mais encontre ninguém como ela.

Agora digam-me vocês, é possível começar de novo? 

3 comentários:

  1. Sinceramente não sei bem... às vezes quando se gosta mesmo muito é possível perdoar e seguir em frente, mas tem de ser ter muita força de vontade para apagar tudo o que passou... Ele terá de ter mesmo muita força! Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Não, eu pelo menos não conseguia.

    ResponderEliminar
  3. Situação complicada.
    Começar de novo com a mesma pessoa tendo o passado que referiste, para mim parecia impossível. É difícil esquecer uma traição...

    ResponderEliminar