sexta-feira, 7 de março de 2014

Desabafos de uma sexta-feira mal humorada.

Eu não tenho nada contra manifestações, pelo contrário, acho que quando são civilizadas e têm (algum) fundamento são uma forma excelente do povo demonstrar a sua posição relativamento ao assunto pelo qual se manifestam.

Pelo que também não tenho nada contra a polícia manifestar-se a partir do momento em que acreditam ter razões para tal.
O que eu não consigo aceitar é que se manifestem de uma forma completamente desordeira e infantil como se viu ontem. Aquela que é suposto ser uma das organizazões fundamentais do nosso país, viu perder o respeito a partir do momento em que se comportaram como anarquistas de segunda numa manifestação oficial. Foi triste e patético.
E mais triste ainda, foi em manifestações anteriores o pessoal ter levado porrada a sério por se chegar dois centimetros á frente, mas como ontem eram colegas, puderam armar-se em Tarzans e saltar as escadas da assembleia que ninguém lhes fez mal nenhum e toda a gente fechou os olhos.

Levaram cortes indecentes? Também o resto do país.
Bem vindos à realidade.

1 comentário: